domingo, 13 de dezembro de 2009

O mundo de Jorge Lima


video


Fazer um vídeo com ampla estrutura é razoavelmente fácil. O problema é quando sua equipe é formada apenas por você e você. Câmera, iluminador, repórter .. tudo ao mesmo tempo. Abri mão de uma filmadora com mais recursos e sensibilidade, e fiz tudo com uma câmera fotográfica Sony. A edição também foi a mais modesta possível. Nada de ilha de edição, mas o Movie Maker no computador caseiro. O programa é bem simples e intuitivo. Inicialmente, o entrave foi conseguir tirar o som das filmagens, com excessivos ruídos em decorrência de uma manifestação que ocorreu no momento das filmagens. A saída foi retirar o som, fazer o off e incluir a trilha sonora.  Todo o OFF foi gravado com o Audio Record.  Os efeitos e transições são do próprio Movie Maker. Ao final, outro problema. O programa da Microsoft só gera em .mwsmm, que corresponde ao arquivo do projeto feito. A solução foi baixar o K-lite Mega Codec Pack. A partir daí, ao clicar em publicar vídeo, tudo ocorreu tranquilamente e sem novos transtornos.

sábado, 12 de dezembro de 2009

O mundo de Jorge Lima: o roteiro


Fazer um roteiro é sempre um desafio. O que se busca e imagina, nem sempre é o que se conseguirá produzir. Optei, então, por uma forma bem simplificada de roteiro, apenas com as indicações fundamentais e sem especificar demais ângulos, cenas ou efeitos. A proposta, em decorrência do pouco tempo para se idealizar, executar, editar e "distribuir" foi fazer um guia, sem amarrar o trabalho de edição.  Essa, na realidade, é uma segunda versão, já que a primeira tinha um texto que não se encaixava no que eu buscava com o trabalho. Parecia sempre que tinha algo fora do lugar. Já com algumas cenas gravadas, refiz o roteiro, o que melhorou o resultado final do vídeo, que deve ser visto apenas como um trabalho experimental.



O mundo de Jorge Lima: a sinopse

A tarefa da última semana do Curso de Jornalismo 2.0 era produzir um vídeo, com direito a sinopse, roteiro e storyboard.  Esta última, acabou prejudicada, em função do tempo. A ideia, então, foi abordar a Casa Jorge Lima, memorial que descobri, apesar das portas fechadas, em função do TCC de meus orientandos. Apesar dos entraves, conseguimos as chaves. Pude, então, fazer as filmagens e realizar uma longa visita.  Segue a sinopse!



SINOPSE

A Casa Jorge Lima, memorial dedicado ao renomado poeta modernista, foi inaugurada há pouco menos de um ano, em pleno Centro de Maceió (AL), mas vive fechada por carência de funcionários. O sobrado que abriga o acervo dedicado ao autor foi integralmente restaurado com recursos da Lei Rouanet, e agora se prepara para tentar receber os turistas pelo menos nos próximos três meses, os de alta temporada. No espaço, estão textos, telas, painéis, esculturas e objetos pessoais de Jorge Lima, um dos mais renomados poetas alagoanos, que integrou a chamada geração de 30 e  foi contemporâneo de José Lins do Rego, Graciliano Ramos, Murilo Mendes e Cecília Meireles.
Loading...